Candomblé: uma dádiva afro-brasileira

Quando falamos de Candomblé, estamos falando de uma religião brasileira com raízes africanas milenares que muito tem contribuído para a manutenção da fé de grande parte do povo brasileiro e que chegou até nós através dos nossos ancestrais, cuja beleza e realidade não se pode contestar.

O Candomblé oferece aos participantes um visual coreográfico de esplendida beleza, quer nas suas vestimentas como em seu ritual.

A contribuição que o Candomblé tem dado ao nosso país vai desde a manutenção da fé religiosa, como também em divisas econômicas. Imaginem que para o Candomblé são vendidas inúmeras coisas que geram impostos, o que é uma contribuição muito, muito valiosa, pois o país, como os demais, vive de arrecadações. E isto o Candomblé oferece, não só com os produtos de fabricação brasileira, bem como os produtos para o nosso uso. Sem falar na exportação que já se faz para Portugal, Uruguai, Argentina, Paraguai etc.

Gerando impostos de importação e exportação, certamente estamos gerando empregos, e gerando empregos, estamos contribuindo para o pão de cada dia entre inúmeros irmãos brasileiros e estrangeiros.

E a fé?

A fé, quando a temos ordenadamente sem fanatismo, produz tranqüilidade e a tranqüilidade é uma das coisas mais importantes para o ser humano, o, que temos que conservar para nosso bem estar.

O mais importante, é que o Candomblé, que foi outrora tanto perseguido e difamado, é hoje o ponto de apoio de inúmeras pessoas de todas as camadas sociais. Poderíamos dizer que o Candomblé é uma religião de ricos e pobres, sem distinção da cor da pele, embora muitos digam que o Candomblé é religião de negros, o que não está de todo errado, pois nossos Nkinsis/Orixás são negros pelas suas raízes e brancos como é a cor de Lemba/Oxalá, pelas suas essências, que fortificam e nos conduzem para o bem comum.

O Candomblé possui saudações e linguajar próprio. Possui suas cores adequadas que servem para identificar cada Nkinsi/Orixá, de acordo com sua nação.

Quando os cultuadores da nação Angola/Kongo saúdam ao Nkinsi Nkosi, eles o fazem na certeza de que aquele elemento da natureza movimentará suas forças para a defesa de seus filhos dentro de seus merecimentos. O mesmo ocorre quando se canta para todos os Nkinsis, pois, através dos cânticos e rezas vai se criando uma atmosfera de paz e tranqüilidade geral.

Tem sido uma preocupação constante dos dirigentes do Candomblé criar, para seus seguidores e frequentadores, segurança viva para os dias presentes e futuros. O Candomblé nunca foi e nunca será uma religião de discórdia, conforme afirmam alguns fanáticos de algumas seitas evangélicas mal orientadas, e que vivem a nos combater através de informações que lhes são passadas por elementos que não cumpriram devidamente os ensinamentos e preceitos que lhes foram passados pelos seus zeladores de Santo. A insatisfação tomou conta de suas mentes doentias, faltando com a  caridade tão apregoada em suas reuniões, oferecendo a salvação como se fossem eles o verdadeiro Messias.

A salvação se dará um dia, mas para isto teremos que pautar nossos atos dignamente, com a família, com a sociedade e com a religião, independentemente de qual seja ela.

O Grande Arquiteto do Universo, ao definir papéis nesse plano, não determinou que a salvação se daria através de uma Bíblia na mão, com colares ou contas no pescoço, como é o nosso caso, e muito menos ajoelhado em uma igreja. A salvação se dará sim, através de atos que dignifiquem a nossa alma e consciência, e, o nosso procedimento deve ser correto e pacífico, pois somente com muito amor conseguiremos a verdadeira união de todos os candomblecistas e de todas as religiões.

A União, o trabalho, com o respaldo do amor, será sem dúvida nenhuma, o maior Gunzo/Axé que em português quer dizer força, e somente pela força representada pela união de todos, conseguiremos colocar o Candomblé em seu devido lugar.

Tateto Nepanji

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s